1. O polipropileno (PP)

O polipropileno (PP) é o polímero termoplástico, parcialmente cristalino, que se obtém a partir da polimerização do propileno (ou propeno). Pertence ao grupo das poliolefinas e é usado numa grande variedade de aplicações, incluindo embalagens para alimentos, tecidos, equipamento de laboratório, componentes automotores e películas transparentes. Tem grande resistência a diversos solventes químicos, bem como a álcalis e ácidos.

2. O polietileno (PET)

O tereftalato de polietileno, politereftalato de etileno ou polietileno tereftalato (mais conhecido pelas suas siglas em Inglês PET, “polyethylene terephthalate”) é um tipo de plástico muito usado em embalagens de bebidas e têxteis.

3. Extrusão

A extrusão de polímeros é um processo industrial mecânico, onde se realiza uma ação de moldagem do plástico, que, por fluxo contínuo com pressão e impulsão, o faz passar por um molde encarregado de lhe dar a forma desejada. O polímero fundido (ou em estado viscoelástico) é forçado a passar por um cubo, também chamado “cabeçal”, por meio da impulsão gerada pela ação rotativa de um fuso (parafuso de Arquimedes) que gira concentricamente numa câmara a temperaturas controladas chamada “canhão”, com uma separação milimétrica entre ambos os elementos. O material polimérico é alimentado através de uma tremonha numa extremidade da máquina e devido, à ação de impulsão, funde-se, flui e mistura-se no canhão e obtém-se pelo outro lado com um perfil geométrico pré-estabelecido.

4. Termoformação

A termoformação é um processo que consiste no aquecimento de uma placa ou lâmina termoplástica semiacabada, de modo que, ao amolecer, se pode adaptar à forma de um molde por ação da pressão de vácuo ou por meio de um contramolde.

1. O polipropileno (PP)

O polipropileno (PP) é o polímero termoplástico, parcialmente cristalino, que se obtém a partir da polimerização do propileno (ou propeno). Pertence ao grupo das poliolefinas e é usado numa grande variedade de aplicações, incluindo embalagens para alimentos, tecidos, equipamento de laboratório, componentes automotores e películas transparentes. Tem grande resistência a diversos solventes químicos, bem como a álcalis e ácidos.

2. O polietileno (PET)

O tereftalato de polietileno, politereftalato de etileno ou polietileno tereftalato (mais conhecido pelas suas siglas em Inglês PET, “polyethylene terephthalate”) é um tipo de plástico muito usado em embalagens de bebidas e têxteis.

3. Extrusão

A extrusão de polímeros é um processo industrial mecânico, onde se realiza uma ação de moldagem do plástico, que, por fluxo contínuo com pressão e impulsão, o faz passar por um molde encarregado de lhe dar a forma desejada. O polímero fundido (ou em estado viscoelástico) é forçado a passar por um cubo, também chamado “cabeçal”, por meio da impulsão gerada pela ação rotativa de um fuso (parafuso de Arquimedes) que gira concentricamente numa câmara a temperaturas controladas chamada “canhão”, com uma separação milimétrica entre ambos os elementos. O material polimérico é alimentado através de uma tremonha numa extremidade da máquina e devido, à ação de impulsão, funde-se, flui e mistura-se no canhão e obtém-se pelo outro lado com um perfil geométrico pré-estabelecido.

4. Termoformação

A termoformação é um processo que consiste no aquecimento de uma placa ou lâmina termoplástica semiacabada, de modo que, ao amolecer, se pode adaptar à forma de um molde por ação da pressão de vácuo ou por meio de um contramolde.